Pular para o conteúdo principal

Do lado de Ibaneis: Celina Leão diz que Ibaneis é imbatível e que se reelegerá ao Buriti



A deputada federal Celina Leão (PP-DF), disse neste domingo(16), ao programa “Conectado ao Poder”, da Rádio Metrópoles, comandado pelo jornalista Sandro Gianelli, que em 2022 vai estar onde o governador Ibaneis Rocha (MDB) estiver.

Seja concorrendo à reeleição pelo seu atual partido, o MDB, ou pelo PP, partido que ela é filiada.

Ao analisar o cenário político do DF, que se movimenta de forma frenética, mesmo distante a 1 ano e cinco meses do início da campanha eleitoral do próximo ano, a deputada Celina Leão disse ser “legitimas e democráticas” às candidaturas postas ao Buriti.

Atualmente, o jogo político do DF se desenha com a candidatura do senador Izalci Lucas, pelo PSDB; da senadora Leila do Vólei (PSB) e da suposta candidatura da deputada federal Flávia Arruda (PL), partido que faz parte da base aliada do governador do DF.

Diante de tal cenário, a deputada Celina Leão observou que enfrentar a reeleição do governador será um páreo duro para qualquer um de seus adversários que se aventurar a concorrer contra ele.

Ela reiterou ser legitimo que cada um monte sua chapa e que faça as suas alianças.
No entanto, Celina Leão apontou que Ibaneis está bem e que irá ficar bem melhor no próximo ano, diante das muitas entregas de obras que estão por vir e que o DF ficará bem melhor do que já está.

“Vou estar onde Ibaneis estiver. Sou muito franca e comigo não existe meio apoio. Sou muito leal nas minhas convicções. O PP vai caminhar com o governador em 2022. Se tem partidos por aí que ainda não sabem a onde vão estar, o meu partido já sabe que vai ficar ao lado do projeto do governador”, disse a deputada.

Fonte: DF Mobilidade


Acrescentando a fonte vejamos que, a deputada federal, Celina Leão, não fez sequer uma nota se é a favor ou contra o governador Ibaneis Rocha, mandar dinheiro para o seu Estado do Piauí e nunca se esforçou em fiscalizar o GDF nessa gestão, não participa da Comissão Especial Covid-19 para não gerar desgastes ao seu amigo e aliado Ibaneis Rocha. Ou seja, no governo de Rodrigo Rollemberg, a deputada foi opositora e contestava tudo que o executivo fazia, era uma pedra no sapato de Rollemberg, era também contra Agnelo Queiroz por fazer obras como a construção do estádio Mané Garrincha. A palavra da nobre deputada federal Celina Leão, eleita graças a onda de Ibaneis e Bolsonaro por ser evangélica, fez curva e mudou muito. Vou citar um exemplo da postura da parlamentar: Quem lembra de Celina Leão ser contra o Instituto Iges-DF? pois é, né. Quando foi deputada distrital, a Celina Leão votou contrária a instituição do instituto Hospital de Base na Comissão da Transparência na CLDF.

E hoje? Se liga, fique ligado do que está acontecendo. Todas segundas-feiras, a parti das 14:00hs, tem a comissão especial da Covid-19, a deputada é ciente do rombo milionário do GDF no Iges-DF, mas sempre foi ausente para não fiscalizar os recursos federais na gestão do seu aliado e amigo Ibaneis Rocha. Entenda melhor:


ROMBO MILIONÁRIO

A Comissão Especial da Covid DF ouviu as explicações do presidente do Iges-DF. Gilberto Occhi informou que tratou da questão do remanejamento de recursos do GDF para o instituto com o secretário de Economia, André Clemente. Segundo Occhi, a SES/DF deve assinar um dos contratos aditivos com o Iges-DF para que a instituição possa receber R$ 107 milhões

Questionado sobre qual seria o valor total da dívida do GDF com o Iges-DF, Gilberto revelou que o montante chega a mais de R$ 200 milhões.

Cadê a palavra da deputada? No passado fiscalizava o GDF, agora é a favor desse rombo? É muita demagogia dessa parlamentar, se tornou uma deputada de amizade ou invés de representar o povo do DF, a exemplo do dinheiro público da cota do orçamento destinado para o Piauí terra de Ibaneis Rocha e de Ciro Nogueira do seu partido (PP), forte pré-candidato ao governo do Estado. Vamos aguardar os próximos capítulos...
Em 2017, a deputada era da oposição votou contra o que defende hoje.

Acompanhe mais: www.ranews.com.br

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Na Estrutural: Casal suspeito de tentativa de sequestrar crianças

Imagem de divulgação  De acordo com moradores de Estrutural Distrito Federal, nas casinhas, circulam um casal suspeito com intenção de sequestrar crianças num carro não identificado. Os boatos circulam por toda a Estrutural. Uma das vítimas contou que a mulher criminosa, desceu com uma enorme faca nas mãos, tentou sequestrar uma criança da própria mãe. Os criminosos, não tiveram êxito foram surpreendidos pelos moradores nas proximidades e fugiram. "Pessoas da cidade Estrutural e região das casinhas, está circulando um casal pela região num carro branco sem identificar a placa e modelo com intenção de sequestrar crianças, aconteceu um fato do casal criminoso querer tomar uma criança na manhã desta terça-feira (11/05), da mão própria mãe com a faca, o caso aconteceu nas casinhas na quadra 08 do Setor Oeste”, disse a moradora Gabriela Godoy. Caso se repita o crime. Denuncie: 197 - Polícia Civil e no 190 - PM-DF Redação: RANEWS e TV COMUNITÁRIA DE ESTRUTURAL - DF

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

GDF: as escutas telefônicas que aterrorizam alguns secretários

  8 out 2020 informações atualizada Por Mino Pedrosa A queda de braço velada entre o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres e o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), vem causando pânico em alguns secretários nos bastidores. Há algumas semanas atrás o governador tomou conhecimento de que Anderson Torres incentivava o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) a fazer um pente fino em algumas secretarias informando que a “roubalheira é grande”. Ibaneis então ficou indignado ao ponto de imaginar cortar a cabeça do secretário infiel. No entanto, foi de pronto alertado por seus fiéis escudeiros de que seria um enorme tiro pela culatra. Em uma sóbria sondagem descobriu que Torres tem em suas mãos informações das mais de quatro mil horas de gravações em escutas telefônicas nas principais secretarias como educação e saúde, autorizadas pela justiça desde 2016, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg. As paredes dos gabinetes dão conta do desespero que