Pular para o conteúdo principal

Fascismo x Comunismo: Bolsonaro debocha de Flávio Dino e recebe a melhor resposta


“Cercadinho não é lugar para discutir coisa séria como o desemprego”, afirmou o governador do Maranhão que propôs Pacto Nacional pelo Emprego.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) debochou da proposta Pacto Nacional pelo Emprego, feita pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) e recebeu a melhor resposta do comunista, nesta terça-feira, 28.

Crédito: Agência Brasil e Agência Brasil
Bolsonaro debocha de Flávio Dino e recebe a melhor resposta

“Tem governador agora que quer que eu faça um pacto pelo emprego. Mas ele continua com o estado dele fechado”, disse o Bolsonaro durante conversa com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência, nesta terça.

No dia em que o país registra mais de 87 mil mortes por causa do novo coronavírus, Bolsonaro segue criticando as medidas de proteção à população, tomadas pelos governadores, que, segundo todos os estudos científicos, caso não fossem tomadas, o Brasil teria pelo menos o dobro de mortos.

O governador do Maranhão Flávio Dino, rebateu o deboche cínico com que Bolsonaro tratou o drama enfrentado por milhões de brasileiros, que estão sem emprego e sem renda por conta da crise econômica agravada  pela política desastrosa adotada pelo governo no enfrentamento da pandemia de covid-19.

“Considero que o desemprego não é assunto a ser tratado com ironias”, disse o governador, em mensagem no seu twitter. “Espero que o presidente da República leve a sério a urgência de ações efetivas. É impossível tratar do tema no “cercadinho” do Alvorada. Por isso, insisto na ideia do Pacto Nacional pelo Emprego”, reafirmou Flávio Dino.

“Considerando este cenário desafiador, gostaria de sugerir uma reunião liderada por V. Exa. com os governadores e os presidentes das confederações empresariais e centrais sindicais para que possamos construir um ‘Pacto Nacional Pelo Emprego’, com medidas emergenciais de geração de emprego e renda”, escreveu Flávio Dino.

Informações do Catracalivre


Introdução Inglês:

“Cercadinho is not a place to discuss serious things like unemployment,” said the governor of Maranhão, who proposed the National Employment Pact.
President Jair Bolsonaro (without a party) mocked the National Pact for Employment proposal, made by the governor of Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) and received the best response from the communist, this Tuesday, 28.
“There is a governor now who wants me to make a pact for the job. But he remains in a closed state, "said Bolsonaro during a conversation with supporters outside the Palácio do Alvorada, the official residence of the Presidency, this Tuesday.

On the day that the country registers more than 87 thousand deaths due to the new coronavirus, Bolsonaro continues to criticize the measures to protect the population, taken by the governors, who, according to all scientific studies, if they were not taken, Brazil would have at least twice as many dead.

Maranhão Governor Flávio Dino countered the cynical debauchery with which Bolsonaro dealt with the drama faced by millions of Brazilians, who are unemployed and without income due to the economic crisis aggravated by the disastrous policy adopted by the government to confront the covid-19 pandemic .

"I believe that unemployment is not a matter to be treated with irony," said the governor, in a message on his twitter. “I hope that the President of the Republic takes seriously the urgency of effective actions. It is impossible to deal with the theme in the “enclosure” of Alvorada. For this reason, I insist on the idea of ​​the National Pact for Employment ”, reaffirmed Flávio Dino.

“Considering this challenging scenario, I would like to suggest a meeting led by you. with the governors and presidents of business confederations and union centrals so that we can build a ‘National Pact for Employment’, with emergency measures to generate jobs and income, ”wrote Flávio Dino.

Catracalivre information

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Estrutural: Casal suspeito de tentativa de sequestrar crianças

Imagem de divulgação  De acordo com moradores de Estrutural Distrito Federal, nas casinhas, circulam um casal suspeito com intenção de sequestrar crianças num carro não identificado. Os boatos circulam por toda a Estrutural. Uma das vítimas contou que a mulher criminosa, desceu com uma enorme faca nas mãos, tentou sequestrar uma criança da própria mãe. Os criminosos, não tiveram êxito foram surpreendidos pelos moradores nas proximidades e fugiram. "Pessoas da cidade Estrutural e região das casinhas, está circulando um casal pela região num carro branco sem identificar a placa e modelo com intenção de sequestrar crianças, aconteceu um fato do casal criminoso querer tomar uma criança na manhã desta terça-feira (11/05), da mão própria mãe com a faca, o caso aconteceu nas casinhas na quadra 08 do Setor Oeste”, disse a moradora Gabriela Godoy. Caso se repita o crime. Denuncie: 197 - Polícia Civil e no 190 - PM-DF Redação: RANEWS e TV COMUNITÁRIA DE ESTRUTURAL - DF

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

GDF: as escutas telefônicas que aterrorizam alguns secretários

  8 out 2020 informações atualizada Por Mino Pedrosa A queda de braço velada entre o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres e o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), vem causando pânico em alguns secretários nos bastidores. Há algumas semanas atrás o governador tomou conhecimento de que Anderson Torres incentivava o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) a fazer um pente fino em algumas secretarias informando que a “roubalheira é grande”. Ibaneis então ficou indignado ao ponto de imaginar cortar a cabeça do secretário infiel. No entanto, foi de pronto alertado por seus fiéis escudeiros de que seria um enorme tiro pela culatra. Em uma sóbria sondagem descobriu que Torres tem em suas mãos informações das mais de quatro mil horas de gravações em escutas telefônicas nas principais secretarias como educação e saúde, autorizadas pela justiça desde 2016, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg. As paredes dos gabinetes dão conta do desespero que