Pular para o conteúdo principal

Doria afirma que testou positivo para a Covid-19

Imagem da Revista veja. 


Governador disse que está sem sintomas e que trabalhará de casa. Aos 62 anos, ele é o 11º governador a testar positivo para a doença e não participou da entrevista coletiva do governo de SP nesta quarta (12). A primeira-dama, Bia Doria, também foi diagnosticada coronavírus.


Por G1 SP — São Paulo

12/08/2020 12h46


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (12) que está com Covid-19. Ele é o 11º governador a testar positivo para a doença no país. Doria, que tem 62 anos de idade, e, portanto, faz parte do grupo de risco para a doença, disse que não tem sintomas e se sente bem. A primeira-dama, Bia Doria, e o secretário municipal da Educação, Bruno Caetano, também foram diagnosticados com coronavírus.

Nesta terça-feira (11), o estado de São Paulo registrou o segundo maior número de mortes por coronavírus desde o inicio da pandemia. Com 298 novas mortes por coronavírus em 24 horas nesta quarta, o total de mortos no estado chegou a 25.869.

Em sua conta no Twitter, Doria compartilhou o resultado do exame, que aponta "DETECTADO" pelo método "PCR em tempo real".


“Hoje, quarta-feira, acabei de receber o meu sexto teste da Covid-19 e este, infelizmente, foi positivo. Eu estou com coronavírus. Absolutamente, assintomático, me sinto bem, vou para a minha casa, vou seguir o protocolo médico, com a orientação do doutor David Uip, infectologista e integrante do comitê de saúde do estado de São Paulo", disse Doria.


O governador completou dizendo que manterá a relação com todos os setores do governo "pelo Zoom, pelo celular, por videoconferência", e que seguirá o protocolo da saúde pelos próximos dez dias.

"Aproveito para pedir a você que está na sua casa, se proteja, siga também os protocolos da saúde. Tudo isso vai passar, a vacina vai chegar, e o Brasil terá um novo momento livre do coronavírus. Até lá, temos que fazer este enfrentamento, seguir o protocolo e obedecer a saúde”, completou.


Como Doria ficará ausente dos eventos presenciais, o vice-governador do estado, Rodrigo Garcia, abriu a entrevista coletiva do governo desta quarta (12). Ele reforçou que Doria está com o coronavírus e assintomático.

Ainda na coletiva, foi informado que a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, também está em quarentena até sair o resultado do seu teste para a Covid-19.

Em 13 de junho, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, também foi diagnosticado com a Covid-19. Na ocasião, ele também não foi afastado do cargo e fez o tratamento em casa.


O estado de São Paulo ultrapassou no sábado (8) a marca de 25 mil mortes por coronavírus. É como se a cidade de Monte Aprazível, localizada na região de São José do Rio Preto, tivesse toda a sua população dizimada. O número paulista equivalia naquele dia a um quarto do total de mortes no Brasil, que alcançava a marca de 100 mil também no sábado.

Foram necessários 100 dias até que a curva epidemiológica de mortes parasse de acelerar no estado, mas o crescimento se estabilizou no patamar mais alto, o chamado platô, sem que houvesse uma queda significativa na sequência.

A média diária de mortes no estado está acima de 200 há mais de 70 dias, e chegou a ficar acima de 250 por várias vezes durante esse período. É como se uma aeronave de grande porte caísse diariamente no estado, matando todas as vítimas a bordo. A estabilidade de mortes em um patamar tão elevado preocupa os especialistas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Estrutural: Casal suspeito de tentativa de sequestrar crianças

Imagem de divulgação  De acordo com moradores de Estrutural Distrito Federal, nas casinhas, circulam um casal suspeito com intenção de sequestrar crianças num carro não identificado. Os boatos circulam por toda a Estrutural. Uma das vítimas contou que a mulher criminosa, desceu com uma enorme faca nas mãos, tentou sequestrar uma criança da própria mãe. Os criminosos, não tiveram êxito foram surpreendidos pelos moradores nas proximidades e fugiram. "Pessoas da cidade Estrutural e região das casinhas, está circulando um casal pela região num carro branco sem identificar a placa e modelo com intenção de sequestrar crianças, aconteceu um fato do casal criminoso querer tomar uma criança na manhã desta terça-feira (11/05), da mão própria mãe com a faca, o caso aconteceu nas casinhas na quadra 08 do Setor Oeste”, disse a moradora Gabriela Godoy. Caso se repita o crime. Denuncie: 197 - Polícia Civil e no 190 - PM-DF Redação: RANEWS e TV COMUNITÁRIA DE ESTRUTURAL - DF

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

GDF: as escutas telefônicas que aterrorizam alguns secretários

  8 out 2020 informações atualizada Por Mino Pedrosa A queda de braço velada entre o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres e o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), vem causando pânico em alguns secretários nos bastidores. Há algumas semanas atrás o governador tomou conhecimento de que Anderson Torres incentivava o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) a fazer um pente fino em algumas secretarias informando que a “roubalheira é grande”. Ibaneis então ficou indignado ao ponto de imaginar cortar a cabeça do secretário infiel. No entanto, foi de pronto alertado por seus fiéis escudeiros de que seria um enorme tiro pela culatra. Em uma sóbria sondagem descobriu que Torres tem em suas mãos informações das mais de quatro mil horas de gravações em escutas telefônicas nas principais secretarias como educação e saúde, autorizadas pela justiça desde 2016, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg. As paredes dos gabinetes dão conta do desespero que