Pular para o conteúdo principal

Feridos em tiroteio com dois mortos em Timon (MA) são levados para hospital em Teresina

Vítimas estavam em bar na zona rural de Timon, quando oito homens armados e encapuzados chegaram atirando contra os clientes. Polícia Civil investiga o caso. Por Flávio Meireles e Catarina Costa
Informações do G1 PI
02/08/2020 

Um tiroteio em um bar no Povoado Piranhas, zona rural de Timon, no Maranhão, deixou dois mortos e três feridos por volta das 18h desse sábado (1º). As pessoas baleadas foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Segundo a polícia, oito suspeitos armados participaram da ação, mas ninguém foi preso.
De acordo com o delegado Antônio Valente, da Delegacia de Homicídios de Timon, oito homens armados e encapuzados chegaram em dois carros e começaram a atirar contra as pessoas do bar. Alguns clientes pularam no Rio Parnaíba, que faz divisa com o Piauí, para fugir dos tiros.

"Os suspeitos estavam procurando uma pessoa e quando visualizaram o alvo, começaram a atirar. Muitos clientes correram, outras se jogaram no rio, por esse motivo o Corpo de Bombeiros foi acionado", informou.
As duas vítimas foram identificadas como Carlos Eduardo dos Santos Valadão, 23 anos, e Camila Gabriely Lopes Oliveira, 30 anos. Para a polícia, eles não eram alvos dos criminosos.

"Ele era estudante de Educação física e trabalhava em um supermercado em Teresina. Já a mulher era auxiliar administrativa na penitenciária em Timon. Ambos não tinham passagens pela polícia", destacou o delegado.
Após o tiroteio, a Polícia Civil de Timon iniciou as primeiras diligências para prender os suspeitos, mas ninguém foi localizado. Segundo o delegado, os feridos hospitalizados serão ouvidos.

"Estamos tentando entender o que aconteceu para saber a motivação do crime. Saber quem era o alvo dos executores, envolvimento dele em alguma atividade ilícita. Vamos no HUT para descobrir quem são essas pessoas baleadas", explicou o delegado Valente

Shooting wounded with two dead in Timon (MA) are taken to hospital in Teresina

Victims were at a bar in rural Timon when eight armed and hooded men arrived shooting at customers. Civil Police investigate the case.

By Flávio Meireles and Catarina Costa, G1 PI
08/02/2020

A shootout in a bar in Povoado Piranhas, a rural area of ​​Timon, Maranhão, left two dead and three wounded around 6 pm this Saturday (1st). The people shot were taken to the Teresina Emergency Hospital (HUT). According to the police, eight armed suspects participated in the action, but no one was arrested.
According to police officer Antônio Valente, from the Timon Homicide Police Station, eight armed and hooded men arrived in two cars and started shooting at people at the bar. Some clients jumped on the Parnaíba River, which borders Piauí, to escape the shots.

"The suspects were looking for a person and when they saw the target, they started shooting. Many customers ran, others threw themselves into the river, for this reason the Fire Department was called," he said.
The two victims were identified as Carlos Eduardo dos Santos Valadão, 23, and Camila Gabriely Lopes Oliveira, 30. For the police, they were not the targets of criminals.

"He was a physical education student and worked in a supermarket in Teresina. The woman was an administrative assistant at the penitentiary in Timon. Both had no passages through the police," said the delegate.
After the shooting, the Timon Civil Police began the first steps to arrest the suspects, but no one was found. According to the delegate, the injured hospitalized will be heard.

"We are trying to understand what happened to find out the motivation of the crime. To know who was the target of the perpetrators, his involvement in some illegal activity. We are going to the HUT to find out who these people are," explained Chief Valente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto que o Brasil precisa

Willian Gonçalves Faria - Foto/divulgação       Willian Gonçalves faria, natural de Patos de Minas MG, 28 anos de idade, morador de São de Sebastião Distrito Federal , vem lutando pela melhoria das políticas pública de educação tem um projeto de sua autoria que percorre esferas do governo federal em prol da educação. O projeto: ”Ensino de Portas Abertas a Arte, Cultura e Inovação” – trabalhando o conceito vida consiste em introduzir dentro da matriz escolar soluções positivas junto a crianças e adolescentes apoiado pelos professores. Sendo construído em sala de aula em troca mútua de conhecimento, ou seja, o projeto consiste em inserir no dia a dia da escola ações que possibilitem tomadas de decisões com situações reais que acontecem no país. William Gonçalves Faria - Foto/divulgação  O jovem oriundo do Estado de JK, visionário igualmente ao presidente construtor da capital Federal conhecedor e experiente nas lutas e discurssões sociais por meio de ONGs e entidades representativas ecle

Moradores encontram cabeça decapitada em praça no Entorno do DF

 A  vítima foi identificada como Randerson Maximo Barbosa. A Polícia Civil do Estado de Goiás busca pelos autores do crime Por Darcianne Diogo 02/07/2021 23:29 - Atualizado Material cedido ao Correio Moradores encontraram, na noite dessa sexta-feira (2/7), uma cabeça decapitada na Praça Santa Lúcia, em Águas Lindas de Goiás — distante cerca de 48km de Brasília. Até a última atualização dessa reportagem, ninguém havia sido preso. O corpo não foi encontrado. Testemunhas relataram à reportagem que passavam pela área, quando se depararam com a cabeça. A perícia da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) foi acionada e está no local. A vítima foi identificada como Randerson Maximo Barbosa. A polícia apura a motivação do crime. Ao longo das investigações, surgiu-se a informação de que o membro poderia ser do jovem, de 19 anos, assassinado em 13 de maio. O corpo de Mateus dos Santos Sousa foi encontrado decapitado em um córrego, na região de Brazlândia, próximo à Ponte Maranata, a 200 me

GDF lança edital para construção de creche na Estrutural

O Governo do Distrito Federal (GDF) publicou no Diário Oficial DF (DODF) o edital de concorrência para a construção de um Centro de Educação para a Primeira Infância (Cepi), na Cidade Estrutural. O espaço, que terá capacidade para receber até 188 crianças, foi orçado em R$ 3,4 milhões e deverá ser entregue à população no segundo semestre de 2022. A região reivindica há anos a existência de novas creches. Atualmente, segundo o governo, cerca de 276 crianças estudam em creches conveniadas justamente por falta de espaço público. Com a construção do Cepi, que vai ser edificado na Quadra 3, Área Especial 2, no Setor Complementar de Indústria e Abastecimento, o governo pretende atender as crianças em dois turnos ou em turno integral. O novo Cepi será constituído de cinco salas para atendimento à faixa etária de zero a seis anos; salas multiuso e administrativas, fraldário, lactário, sanitários, cozinha, refeitório, playground, fechamentos com gradil, portões e muro; calçadas, rampas, estacio