Pular para o conteúdo principal

Ibaneis propõe prorrogação de concursos públicos por conta da pandemia no DF

Segundo governador, projeto será enviado à Câmara Legislativa. Ibaneis disse, em entrevista à Rádio CBN, que está impedido de nomear servidores até 2022 por conta de pacote de auxílio do governo federal.


Por G1 DF

10/08/2020 18h37



O governador Ibaneis Rocha (MDB) disse nesta segunda-feira (10), em entrevista à rádio CBN, que vai propor a prorrogação dos prazos de concursos públicos válidos no Distrito Federal. Segundo ele, o projeto será enviado para análise da Câmara Legislativa do DF (CLDF)


"Eu vou mandar um projeto de lei, deve assinar hoje, prorrogando o prazo de todos os concursos que estão para vencer. Eu não quero que nenhum concursado deixe de tomar posse", disse.


Ibaneis disse que está impedido de nomear aprovados em concursos públicos até 31 de dezembro de 2021. São exceções apenas as contratações temporárias e as reposições de cargos vagos que não gerem aumento de despesa.


Na entrevista, o governador disse que o impedimento às nomeações está previsto no pacote do governo federal que regulamenta a concessão de auxílio às unidades da federação durante a pandemia do novo coronavírus.

Sancionado em 27 de maio pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o texto afirma que os governos locais não podem criar novas despesas com pessoal, até o fim do ano que vem. A medida proíbe, além das nomeações, a concessão de reajustes, por exemplo.

Para receber o auxílio de até R$ 60 bilhões do governo federal, as unidades da federação precisam atender a esses requisitos. Segundo Ibaneis, a prorrogação dos prazos dos concursos pretende garantir a nomeação dos aprovados após o fim das restrições.

"Você tá num período de pandemia. Eles foram concursados e, em uma temperatura normal, seriam todos chamados", disse.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

Ex-pastora posa nua no OnlyFans e diz que ‘recebeu chamado’ após ver ‘Titanic’

A ex-pastora, Nikole Mitchell, era líder de uma grande igreja nos Estados Unidos, mas afirma que seu “verdadeiro chamado” era outro. De acordo com matéria do UOL, a stripper, que faz sucesso no OnlyFans, contou que ao assistir “Titanic” e ver a cena em que Rose (Kate Winslet) posa nua para Jack (Leonardo DiCaprio), percebeu que gostaria de fazer o mesmo. “Lembro que estava na oitava série quando assisti ‘Titanic’, e quando a câmera passou pelo corpo nu da Kate Winslet, pensei: ‘Quero fazer isso quando ficar mais velha’”, disse. Então disse que sempre teve esse tipo de pensamentos: “Esses desejos sempre estiveram lá, mas eu não tinha ninguém com quem falar sobre isso porque logo aprendi que esse não é o tipo de conversa que você tem dentro da igreja, infelizmente”, contou. A ex-pastora abandonou a vida religiosa em 2017. Hoje ela mantém a si mesma e seus três filhos com a renda gerada pelo conteúdo produzido no OnlyFans. https://www.oliberal.com/ Fonte: Geral Notícias 

Lázaro Barbosa colocou fogo em uma casa numa fazenda baleou um morador e atirou em mais três pessoas

Segundo G1 de Goaiás, um homem de 32 anos suspeito de matar um casal e dois filhos atirou em quatro pessoas ao fugir de cerco policial em Cocalzinho de Goiás, na noite de sábado (12), segundo o tenente Álvaro Mota, da Polícia Militar do Distrito Federal. Lázaro Barbosa de Sousa não foi localizado até as 10h deste domingo (13). A polícia usa helicópteros e cães farejadores na busca, disse o policial. O oficial informou que ele entrou em uma fazenda na zona rual de Cocalzinho e baleou um morador. Em seguida, fugiu para outra propriedade e atirou em mais três pessoas, que estavam acampadas no local. Ele também colocou fogo em uma casa da fazenda. Os baleados estão com estado de saúde estável, segundo o policial. Informações do G1 de Goiás