Pular para o conteúdo principal

Concurso Público é retificado pelo Cress da 8º Região - DF


Oportunidades ofertadas são para agente administrativo, assistente contábil e assistente social-agente fiscal

Quinta-feira, 22 de abril de 2021 às 18h08

O Conselho Regional de Serviço Social 8ª Região (Cress - DF), no Distrito Federal, anuncia a retificação do Concurso Público que será de responsabilidade do Instituto Quadrix, para contratação temporária de profissionais com ensino médio, técnico e superior, para lotação em Brasília.

Conforme a publicação do documento (retificação I), houve uma alteração referente ao conteúdo programático dos cargos de Assistente Social - Agente Social e Assistente Contábil.

São disponibilizadas oportunidades nas funções de Agente Administrativo, Assistente Contábil (1) e Assistente Social-Agente Fiscal (1), com jornadas de 30 horas semanais com remuneração de R$ 1.741,00 a R$ 3.800,00, acrescido de benefícios, bem como auxílio-alimentação no valor de R$ 775,52 e auxílio-creche para filhos menores de sete anos no valor de R$ 571,64, por mês.

Para concorrer a uma das oportunidades ofertadas, o candidato deve comprovar a escolaridade exigida para a função pretendida, bem como ter idade mínima de 18 anos completos na data da contratação, além de ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições correspondentes ao cargo, dentre outros requisitos que constam no edital.

Procedimento de participação

De forma eletrônica, pelo site do Instituto Quadrix, as inscrições serão aceitas a partir desta quarta-feira (7) e serão encerradas às 23h59 do dia 10 de maio de 2021.

A participação possui taxa no valor de R$ 55,00 a R$ 60,00 de acordo com o nível de escolaridade, porém aos candidatos que se enquadrarem nos critérios estabelecidos no edital, poderão solicitar a taxa de isenção às 18h do dia 12 de abril de 2021.

Como forma de classificação, o certame é composto por prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos, e prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. Conforme estabelecido no edital, a prova será formada por questões de língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico e matemático e conhecimentos específicos.

Com duração de quatro horas, as provas estão previstas para ocorrer no dia 20 de junho de 2021, no turno da tarde. Em caso de empate na nota final ou em fases classificatórias, será selecionado o candidato que tiver idade igual ou superior a 60 anos, até o último dia de inscrição neste Concurso Público, conforme artigo 27, parágrafo único, da Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso).

Validade

O prazo de validade do presente Concurso Público é de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, por conveniência administrativa.

E, para lhe auxiliar nos estudos, adquira as Apostilas Digitais deste certame em nosso site.Jornalista: Pamela Bugatti.

Informacões do https://www.pciconcursos.com.br/noticias/concurso-publico-e-retificado-pelo-cress-da-8-regiao-df

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Estrutural: Casal suspeito de tentativa de sequestrar crianças

Imagem de divulgação  De acordo com moradores de Estrutural Distrito Federal, nas casinhas, circulam um casal suspeito com intenção de sequestrar crianças num carro não identificado. Os boatos circulam por toda a Estrutural. Uma das vítimas contou que a mulher criminosa, desceu com uma enorme faca nas mãos, tentou sequestrar uma criança da própria mãe. Os criminosos, não tiveram êxito foram surpreendidos pelos moradores nas proximidades e fugiram. "Pessoas da cidade Estrutural e região das casinhas, está circulando um casal pela região num carro branco sem identificar a placa e modelo com intenção de sequestrar crianças, aconteceu um fato do casal criminoso querer tomar uma criança na manhã desta terça-feira (11/05), da mão própria mãe com a faca, o caso aconteceu nas casinhas na quadra 08 do Setor Oeste”, disse a moradora Gabriela Godoy. Caso se repita o crime. Denuncie: 197 - Polícia Civil e no 190 - PM-DF Redação: RANEWS e TV COMUNITÁRIA DE ESTRUTURAL - DF

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

GDF: as escutas telefônicas que aterrorizam alguns secretários

  8 out 2020 informações atualizada Por Mino Pedrosa A queda de braço velada entre o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres e o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), vem causando pânico em alguns secretários nos bastidores. Há algumas semanas atrás o governador tomou conhecimento de que Anderson Torres incentivava o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) a fazer um pente fino em algumas secretarias informando que a “roubalheira é grande”. Ibaneis então ficou indignado ao ponto de imaginar cortar a cabeça do secretário infiel. No entanto, foi de pronto alertado por seus fiéis escudeiros de que seria um enorme tiro pela culatra. Em uma sóbria sondagem descobriu que Torres tem em suas mãos informações das mais de quatro mil horas de gravações em escutas telefônicas nas principais secretarias como educação e saúde, autorizadas pela justiça desde 2016, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg. As paredes dos gabinetes dão conta do desespero que