Pular para o conteúdo principal

Na Estrutural: Manifestação em frente ao CRAS pedem socorro e providências ao GDF


Moradores em frente ao CRÁS de Estrutural,  manifestando para chamar atenção do GDF e administração local para melhorar o teleatendimento no CRAS. 

O CRAS é uma unidade pública estatal descentralizada da política de assistência social sendo responsável pela organização e oferta dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios e DF.

Mayara Noronha, na época chegou afirmar que seu salário seria doado para instituições de caridade. Ela assumiu o cargo no lugar de José Humberto Pires.

Mayara chegou a dar uma entrevista à TV Globo sobre iniciativas que promoviam doações em meio à pandemia do novo coronavírus. Ela afirmou que, no momento, uma das preocupações principais são as famílias de baixa renda.

"Cabe ao GDF olhar para essas famílias. Não dá para doar só pra quem é cadastrado em um programa social, ou à instituição que já é cadastrada. A gente também tem q ter o olhar atento à rua X da Estrutural ou do Sol Nascente."

Cabe ao GDF olhar para essas famílias? Isso mesmo gente.... Foi a fala da Secretaria Mayara, quando assumiu a pasta nomeada pelo esposo Ibaneis Rocha, em entrevista à TV GLOBO. Infelizmente, o governador Ibaneis Rocha, ainda não entendeu que em qualquer país do mundo existe a política social.

Uma das cidades que a Secretaria Mayara, dizia ter preocupação não demonstra. Hoje (25/05), manifestantes manifestaram pela manhã, em frente ao CRÁS na Estrutural. A reclamação dos moradores é única e objetiva, o teleatendimento do GDF se encontra ineficiente onde os cidadãos não acessam seus direitos sociais pelo canal de teleatendimento ao público. O motivo da manifestação organizada pelos moradores foi para chamar mais atenção da Secretaria de Assistência Social, Administração Regional do SCIA/Estrutural e o GDF para tomar às medidas necessárias que ainda precisam ser melhorado no teleatendimento na Secretaria de Assistência Social do Distrito Federal.

Funcionalidade 

O Disque Cras foi implementado emergencialmente com o objetivo de ampliar a capacidade de atendimento à comunidade.

Integram os serviços disponíveis pelo Disque Cras: solicitações de cesta emergencial, Auxílio por Morte, informações e para questões urgentes envolvendo violações de direitos. Outros serviços podem compor essa lista posteriormente.

Para agilizar o atendimento, é importante ter em mãos o CPF e a carteira de identidade.

Confira os novos números disponíveis:

CREAS TELEFONES
Núcleo Bandeirante 3386-1412 3386-2514
Brasília 3245-8131 3346-9332
Sobradinho 3387-2241 3387-8651
Ceilândia 3371-0376 3372-7866
Planaltina 3388-3151 3389-2032
Gama 3556-3973
Estrutural 3363-0064
Brazlândia 3391-1057
Samambaia 3357-1755 3357-5031
Diversidade 3224-4898
Taguatinga 3356-33155 3352-3380 3563-3842




CRAS

TELEFONES
Taguatinga 99448-7716 99450-9187 3354-7929
Varjão 99450-8381 3468-1862
Samambaia Expansão 99450-9813 98303-7659
Samambaia Sul 99451-1915 3358-7078
Santa Maria 99450-9744 3394-1757
São Sebastião 99450-8838 3339-1512 3339-4028
Recanto das Emas 99450-8862 3332-1482 3434-5788
Riacho Fundo I 99450-9238 3399-3243
Riacho Fundo II 99450-9182 3333-5223
Sobradinho 99450-9666 3487-1780
Sobradinho 2 99450-9666 3485-7198
Areal 99450-9187 3356-3796
Brazlândia 99450-8450 3391-1057
Ceilândia Sul 3373-7961 3372-9841
Ceilândia P Sul 99450-8801 3376-7318
Ceilândia Norte 99450-8417 99450-9264 3379-2220 3274-3104
Estrutural 99450-9725 3465-7556 3465-7558
Gama 99450-9219 3384-4810
Itapoã 99450-7072 3467-6001 3369-1516
Paranoá 99450-8834 3369-7903 3369-5262 3408-1863
Santa Maria 3394-1757
São Sebastião 3339-1512 3339-4028
Planaltina 99450-8795 3389-0437
Arapoanga 99450-8372 3488-7141
Núcleo Bandeirante 99450-9238 3386-1412 3386-2514
Candangolândia 3301-7735
Guará 3568-4059 99433-4393
Fercal 99450-8381 3483-2588
Cadangolândia 99441-7358 3301-7735
Brasília 3245-1822 3346-6769


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Na Estrutural: Casal suspeito de tentativa de sequestrar crianças

Imagem de divulgação  De acordo com moradores de Estrutural Distrito Federal, nas casinhas, circulam um casal suspeito com intenção de sequestrar crianças num carro não identificado. Os boatos circulam por toda a Estrutural. Uma das vítimas contou que a mulher criminosa, desceu com uma enorme faca nas mãos, tentou sequestrar uma criança da própria mãe. Os criminosos, não tiveram êxito foram surpreendidos pelos moradores nas proximidades e fugiram. "Pessoas da cidade Estrutural e região das casinhas, está circulando um casal pela região num carro branco sem identificar a placa e modelo com intenção de sequestrar crianças, aconteceu um fato do casal criminoso querer tomar uma criança na manhã desta terça-feira (11/05), da mão própria mãe com a faca, o caso aconteceu nas casinhas na quadra 08 do Setor Oeste”, disse a moradora Gabriela Godoy. Caso se repita o crime. Denuncie: 197 - Polícia Civil e no 190 - PM-DF Redação: RANEWS e TV COMUNITÁRIA DE ESTRUTURAL - DF

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

GDF: as escutas telefônicas que aterrorizam alguns secretários

  8 out 2020 informações atualizada Por Mino Pedrosa A queda de braço velada entre o Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres e o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), vem causando pânico em alguns secretários nos bastidores. Há algumas semanas atrás o governador tomou conhecimento de que Anderson Torres incentivava o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) a fazer um pente fino em algumas secretarias informando que a “roubalheira é grande”. Ibaneis então ficou indignado ao ponto de imaginar cortar a cabeça do secretário infiel. No entanto, foi de pronto alertado por seus fiéis escudeiros de que seria um enorme tiro pela culatra. Em uma sóbria sondagem descobriu que Torres tem em suas mãos informações das mais de quatro mil horas de gravações em escutas telefônicas nas principais secretarias como educação e saúde, autorizadas pela justiça desde 2016, ainda na gestão de Rodrigo Rollemberg. As paredes dos gabinetes dão conta do desespero que