Pular para o conteúdo principal

GDF foge mais uma vez da Comissão Covid/DF e colegiado aperta o cerco



GDF FOGE MAIS UMA VEZ DA COMISSÃO COVID/DF E COLEGIADO APERTA O CERCO










Para o presidente da Comissão, senador Izalci, é preciso enviar aos órgãos pertinentes, tais como o Ministério Público e a Justiça, o relatório das denúncias recebidas e informações colhidas pelo colegiado, bem como garantir a convocação na CPI da Pandemia do ex-secretário de Saúde do DF, Francisco Araújo, preso na operação “Falso Negativo” da PF

O encaminhamento das informações foi tratado na reunião desta segunda-feira (31), quando a comissão ouviria representantes da Saúde e do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal, IGES/DF para discutir a falta de medicamentos e equipamentos nos hospitais e sobre a vacinação, entre outros assuntos. Por conta do silêncio do GDF, o senador Izalci Lucas disse que será preciso buscar outros caminhos para esclarecer fatos relacionados aos problemas da Saúde no DF.

“Vamos levar para a CPI, para a justiça, para onde for preciso, para esclarecermos isso tudo. A situação é grave, as pessoas estão abandonadas e precisamos fazer alguma coisa”, lamentou o senador.

Com a falta de acesso a informações sobre os gastos da Saúde e as repetidas ausências do governo local nas audiências realizadas, os parlamentares da comissão especial, formada para acompanhar o uso de recursos federais pelo governo do DF no combate à pandemia, decidiram enviar as informações reunidas durante quase um ano de trabalho para o Ministério Público e Polícia Federal, informando que a falta de transparência e cooperação do GDF está bloqueando o andamento dos trabalhos da comissão.

A deputada Paula Belmonte (Cidadania/DF) concordou que é necessário tomar medidas mais severas e afirmou que, se for o caso, até mesmo enviar denúncia pela ausência do GDF aos órgãos competentes.

“Temos uma Secretaria de Saúde com orçamento de R$ 7 bilhões e é inaceitável o que está acontecendo. Ficamos aqui esperando as autoridades chegarem, para ajudarmos a resolver os problemas e nada acontece. Temos que dar uma resposta para a sociedade”, avaliou a deputada.

GDF na CPI

Ibaneis Rocha e mais oito governadores foram convocados para depor na CPI da Pandemia no Senado e entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para questionar a convocação. Na ação, eles defendem que só podem ser investigados pelo legislativo estadual. Ao considerar a situação, Izalci Lucas disse que tem acompanhado as reuniões da CPI da Pandemia na condição de líder e destacou que vai pedir que sejam apresentados requerimentos para convocar membros e ex-membros do GDF, caso o governador Ibaneis não compareça. Um deles será Francisco Araújo, ex-vereador do interior de Alagoas e ex-secretário de Saúde do DF, preso na operação Falso Negativo, e que teve seu nome citado em reportagem recente feita pela revista VEJA que mostra a teia de esquemas de corrupção envolvendo o governo do DF.

“O ex-secretário de Saúde do Distrito Federal é uma das testemunhas mais importantes para a CPI e considero que seja a ponta do iceberg de um esquema nacional de corrupção”, analisou o senador.

Hospital de Base

Izalci Lucas ainda pediu atenção para uma informação que recebeu de médicos relatando a falta de condições no Hospital de Base que está ameaçando a continuidade do atendimento.

“A informação que tive é que não havia condições de continuar atendimento por falta de insumos e outros equipamentos”, disse o senador ao afirmar que vai buscar mais detalhes sobre o assunto.

Informações do www.Izalci.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

Ex-pastora posa nua no OnlyFans e diz que ‘recebeu chamado’ após ver ‘Titanic’

A ex-pastora, Nikole Mitchell, era líder de uma grande igreja nos Estados Unidos, mas afirma que seu “verdadeiro chamado” era outro. De acordo com matéria do UOL, a stripper, que faz sucesso no OnlyFans, contou que ao assistir “Titanic” e ver a cena em que Rose (Kate Winslet) posa nua para Jack (Leonardo DiCaprio), percebeu que gostaria de fazer o mesmo. “Lembro que estava na oitava série quando assisti ‘Titanic’, e quando a câmera passou pelo corpo nu da Kate Winslet, pensei: ‘Quero fazer isso quando ficar mais velha’”, disse. Então disse que sempre teve esse tipo de pensamentos: “Esses desejos sempre estiveram lá, mas eu não tinha ninguém com quem falar sobre isso porque logo aprendi que esse não é o tipo de conversa que você tem dentro da igreja, infelizmente”, contou. A ex-pastora abandonou a vida religiosa em 2017. Hoje ela mantém a si mesma e seus três filhos com a renda gerada pelo conteúdo produzido no OnlyFans. https://www.oliberal.com/ Fonte: Geral Notícias 

Lázaro Barbosa colocou fogo em uma casa numa fazenda baleou um morador e atirou em mais três pessoas

Segundo G1 de Goaiás, um homem de 32 anos suspeito de matar um casal e dois filhos atirou em quatro pessoas ao fugir de cerco policial em Cocalzinho de Goiás, na noite de sábado (12), segundo o tenente Álvaro Mota, da Polícia Militar do Distrito Federal. Lázaro Barbosa de Sousa não foi localizado até as 10h deste domingo (13). A polícia usa helicópteros e cães farejadores na busca, disse o policial. O oficial informou que ele entrou em uma fazenda na zona rual de Cocalzinho e baleou um morador. Em seguida, fugiu para outra propriedade e atirou em mais três pessoas, que estavam acampadas no local. Ele também colocou fogo em uma casa da fazenda. Os baleados estão com estado de saúde estável, segundo o policial. Informações do G1 de Goiás