Pular para o conteúdo principal

Ibaneis Rocha, o sincericida trapalhão, pode perder o apoio de Bolsonaro


Ibaneis Rocha, o sincericida trapalhão, pode perder o apoio de Bolsonaro?

Foto/divulgação 


O presidente pode bancar uma chapa majoritária com Flávia Arruda, Damares Alves e Tarcísio de Freitas

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, do MDB, começa a ser chamado nos gabinetes e nas ruas de “o sincericida trapalhão”.

Ibaneis Rocha, que é apontado como um advogado competente, parece ter perdido a embocadura, talvez por falta de experiência política. Antes de ser governador, certamente cometia gafes, mas, como não estava sob o olhar aguçado da mídia, era ignorado. Agora, sob os holofotes, quase tudo o que diz ganha os jornais e, depois, as redes com uma rapidez fabulosa.

O resultado é que, ao se tornar governador, no lugar de crescer, Ibaneis está se tornando o que o dramaturgo Nelson Rodrigues certamente chamaria de um anão de Velazquez. O emedebista ficou “menor”.

Em menos de um mês, cometeu uma série de gafes destruidoras.

Primeiro, disse que as polícias militares de Goiás e de Brasília, além da Polícia Rodoviária e da Polícia Federal, estão sendo feitas de “bobas” pelo assassino e estuprador Lázaro Barbosa. Na verdade, as polícias estão trabalhando e, certamente, vão prendê-lo. Mas, claro, os policiais não são mágicos. O criminoso demonstra conhecer a área em que está circulando e age como guerrilheiros (o Exército demorou a liquidar a Guerrilha do Araguaia, entre 1972 e 1974, que contava com menos de 100 integrantes). Prendê-lo parece ser fácil, mas não é.

Segundo, afirmou que a pandemia da Covid-500 mil praticamente acabou com seu governo. Ou seja, na prática, admitiu que seu governo vai mal. Porém, como há outros governadores eficientes, com Rui Costa (PT), da Bahia, Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás, Camilo Santana (PT), do Ceará, e João Doria (PSDB), de São Paulo, o problema parece ser, não necessariamente a pandemia, e sim Ibaneis Rocha.

Terceiro, concedeu entrevista e disse que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), pode ser um excelente candidato a presidente da República. Sua declaração desagradou o presidente Jair Bolonaro.

Quarto, Ibaneis Rocha afirmou que aprecia Bolsonaro, mas admitiu que os dois vivem às turras. Um dos problemas é que, amparado por várias pesquisas qualitativas e quantitativas, o presidente pode abandonar o governador na chapada e bancar outro candidato, ou melhor, candidata — a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL), por quem o presidente tem o máximo de respeito, por considerá-la uma hábil articuladora política.

As pesquisas do grupo de Bolsonaro sugerem que Ibaneis Rocha pode perder tanto para a senadora Leila Barros, do Cidadania, quanto para o senador Izalci Lucas, do PSDB. 

Informações completa no Jornal Opção


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suspeito de chacina no DF é encontrado e troca tiros com a polícia

A perseguição contra Lázaro Barbosa de Sousa, acusado de matar 4 pessoas no DF, ocorre em Cocalzinho (GO), na noite deste sábado (12/6) As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9. Informações preliminares apontam que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, roubou armas em uma fazenda à tarde . Ele fugiu com uma Beretta .22, uma pistola calibre .380 e 50 munições. homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso. Lázaro é acusado de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado neste sábado, em um matagal. O cad

Ex-pastora posa nua no OnlyFans e diz que ‘recebeu chamado’ após ver ‘Titanic’

A ex-pastora, Nikole Mitchell, era líder de uma grande igreja nos Estados Unidos, mas afirma que seu “verdadeiro chamado” era outro. De acordo com matéria do UOL, a stripper, que faz sucesso no OnlyFans, contou que ao assistir “Titanic” e ver a cena em que Rose (Kate Winslet) posa nua para Jack (Leonardo DiCaprio), percebeu que gostaria de fazer o mesmo. “Lembro que estava na oitava série quando assisti ‘Titanic’, e quando a câmera passou pelo corpo nu da Kate Winslet, pensei: ‘Quero fazer isso quando ficar mais velha’”, disse. Então disse que sempre teve esse tipo de pensamentos: “Esses desejos sempre estiveram lá, mas eu não tinha ninguém com quem falar sobre isso porque logo aprendi que esse não é o tipo de conversa que você tem dentro da igreja, infelizmente”, contou. A ex-pastora abandonou a vida religiosa em 2017. Hoje ela mantém a si mesma e seus três filhos com a renda gerada pelo conteúdo produzido no OnlyFans. https://www.oliberal.com/ Fonte: Geral Notícias 

Lázaro Barbosa colocou fogo em uma casa numa fazenda baleou um morador e atirou em mais três pessoas

Segundo G1 de Goaiás, um homem de 32 anos suspeito de matar um casal e dois filhos atirou em quatro pessoas ao fugir de cerco policial em Cocalzinho de Goiás, na noite de sábado (12), segundo o tenente Álvaro Mota, da Polícia Militar do Distrito Federal. Lázaro Barbosa de Sousa não foi localizado até as 10h deste domingo (13). A polícia usa helicópteros e cães farejadores na busca, disse o policial. O oficial informou que ele entrou em uma fazenda na zona rual de Cocalzinho e baleou um morador. Em seguida, fugiu para outra propriedade e atirou em mais três pessoas, que estavam acampadas no local. Ele também colocou fogo em uma casa da fazenda. Os baleados estão com estado de saúde estável, segundo o policial. Informações do G1 de Goiás